É tudo verdade

“Portanto, era isso que eles queriam: mentiras”. Mentiras maravilhosas. Era disso que precisavam. As pessoas eram idiotas, seria fácil para mim”

– Bukowski nem precisou terminar a faculdade de Jornalismo pra descobrir isso.

Temos uma relação estranha com a verdade. Você pode tratá-la como se fosse um diamante: fica lá longe, é bonito, mas, além de custar caro, não podemos usar no dia a dia, não se encaixa no nosso cotidiano apertado e cheio de caminhos escusos.

Ou então, travar com a verdade a relação que um cara que quer ser indie tem com uma banda que é “importante” conhecer: você fala que ama, que conhece cada parte daquilo. Mas na verdade você só fala disso porque sabe que é cult. Essa só vai acontecer quando a verdade não for mais overrated.

O que é difícil de ver é quem trata a verdade como um prato de arroz, feijão, bife e batata frita. Simples, comum e gostoso. Algo com o que se está familiarizado desde criança. (Se é que, num mundo de arroz integral e barras de cereais, ainda é possível considerar esse prato como simples e comum)

Buka já estava certo a trocentos anos atrás. A falta de verdade (que eufemismo lindo) é cool há muito tempo. E a verdade nua e crua é praticamente um par de crocs fluorescentes.

Nem adianta disfarçar grosserias e falta de educação com sinceridade e transparência em demasia. Estamos todos perdidos.

Anúncios

Um pensamento sobre “É tudo verdade

  1. regina disse:

    a verdade é simples como a comida na mesa, chloè, servida diariamente:escolha a sua verdade, está tudo ali, no banquete. (De que você tem fome?)
    A lucidez é uma companheira incômoda, havemos de pagar o preço. Beijocas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: