Invasão de propriedade

Eu que posto muita coisa non-sense vou fazer um pequeno desabafo:

Acabei de parar num lugar coberto (está chovendo muito em ASao Paulo hoje) e uns 30 segundos depois um mendigo veio com uma cara de desânimo “Você pisou no meu papelão, você pisou, você pisou”.

E, se lamentando, começou a procurar o que havia sobrado de seco na sua cama. Eu pedi desculpas e saí. Mas nem olhado pra baixo eu tinha antes de pisar, e me senti invadindo, realmente, uma propriedade. Os colegas de trabalho do meu lado fizeram muito bem o papel de fingir não ver o mendigo que se lamentava em voz alta, certamente constragia a conversa sobre viagens pra europa, e discretamente pisaram fora do papelão.

Um pedaço de papelão que é uma cama e outro que é o cobertor.

E a gente se importa com umas coisas tão pequenas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: