Transição

Não quero mais postar aqui textos meus de gosto duvidoso, coisas minhas que só eu entendo. Com significados amplos, difusos e recheados de sentimento e inventividade. Uma forma particular demais de ver o mundo, pelo menos é o que parece.

Não quero, mas não resisto. Dá vontade de contar sobre as milhares de coisas surreais que acontecem comigo, que eu penso ou que eu sinto.

O cotidiano, ao mesmo tempo em que parece um mundo de infinitas possibilidades, também parece entediante demais.

Estou passando pela dificil transição entre escrever o que quero e escrever o que eu preciso. Bem diferente escrever sobre um louva-a-deus ateu e os novos modelos de máquina de lavar louça no mercado. Mas eu me acostumo. Foi pra isso que eu escolhi jornalismo, não foi?

Anúncios

Um pensamento sobre “Transição

  1. rayssa gon disse:

    O cotidiano, ao mesmo tempo em que parece um mundo de infinitas possibilidades, também parece entediante demais.

    sim, sim. acho que sei como é… :S

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: