Comprando gato por lebre

Curitibanos e simpatizantes: vocês amam Curitiba? Fodam-se!

Em agosto eu resolvi mudar pra Curitiba. Veja bem, eu nunca gostei de Curitiba, mas antes era só por causa dos curitibanos, ou era só implicância. Mas mesmo assim eu viu, sabe como é, sou jovem meu(Oi Boça!) e quero tentar tudo ao mesmo tempo e agora, aí mandei todo mundo e todos esses meus preconceitos tomarem no cú praquele lugar (Oi tias!) e vim, de mala e cuia, pra ficar e sem nem olhar pra trás pra dar um tchauzinho pra Santo André.

As pessoas falam bem daqui né? Que aqui é primeiro mundo, uma Europa brasileira, outro nível de vida. Pois bem, aqui vão umas verdades sobre essa cidade.

Sobre a educação no trânsito dos curitibanos.

As pessoas não sabem dirigir, mantendo uma média de -10 km/h nas vias chamadas ‘rápidas’, sabe aquilo que a gente aprende que se colocar uma pedra na fila das formigas elas se perdem e morrem todas? é mais ou menos a mesma coisa. Experimenta colocar algo que atrapalhe o tráfego na cidade, fica que nem aqueles filmes de fim do mundo, onde todos os carros estão parados na rua fugindo para as montanhas e o pânico instaurado na população.

Aliás, deve ser por esse mesmo motivo que o trânsito aqui está cada dia pior, mais parecido com São Paulo, mas aqui é causado bem mais pela burrice dos individuos que aqui habitam do que pelas razões de São Paulo (não peça pra eu falar quais são, porque o foco do post é Curitiba e eu não tenho argumentos valeu?).

Ah, Curitiba tem também a maior poluição sonora causada por sirenes de ambulância na história. Muito acidente pra pouco carro, a maior parte deles por imperícia do condutor. Como num dia de chuva que uma caminhonete perdeu o controle e entrou em um banco, só parando no caixa, que ainda estava fechado.

Sobre Curitiba ser uma capital ecológica e limpinha.

Eu moro de frente pro Parque Barigui, é bonito é legal é sensacional, mas fede e tem umas partes bem mal cuidadas. Claro que a cidade tem mais árvores e é menos poluída do que São Paulo, mas os ônibus são bem lotados, as filas pros mesmos dobram a esquina, e muitas vezes eu me senti praticamente no metrô.

O centro é fedido e sujo, tem uma ou outra pracinha bonitinha, mas dá uma andadinha ali perto do Terminal Guadalupe pra você ver a beleza que é, mas vai sem nada de muito valor, caso você queira voltar vivo e não escalpelado (tô lendo um livro sobre os indios e tô adorando essa palavra).

Curitiba não tem favela e é seguro.

Muito seguro, se você tiver um guarda-costas e não tem favelas se você morar em uma lista de uns 10 bairros mais ou menos. Agora se afastando um pouco do centro você vê como é igualzinho os outros grandes centros do Brasil, ou nem precisa se afastar tanto assim, já que são tantos os casos de casas em bairro nobre que são assaltadas.

Sobre os curitibanos.

Curitibanos inteligentes, ou conhecidos de lá, caso leiam essa parte, não se sintam ofendidos. Ou se sintam, não estou me importando muito, mas falo aqui da maioria da população, não de umas poucas excessões.

Sabe quem foram as pessoas mais legais que eu conheci em Curitiba? As que não são de lá. Tem muita gente mudando pra Curitiba e talvez isso possa fazer bem pra cidade, já que segundo eles gente de fora é acelerada demais. Sabe porque eles falam isso? Você já foi pra Bahia? Pois então, Curitiba é uma Bahia melhorada, porque os habitantes tem esse mesmo lifestyle, tudo sem pressa, como se não houvesse amanhã. Pra que fazer hoje o que se pode deixar pra amanhã não é mesmo?

Só pra se ter uma idéia, eu dei entrada na minha habilitação em agosto, e no final de outubro já tinha feito todas as aulas teóricas mas eles não tinham nem dado entrada pra eu tirar a foto no DETRAN. E a média é essa mesmo, da minha auto escola as alunas estão em média há uns 7 meses tentando tirar a carta, e a maioria nem tinha feito o exame ainda!

Ah, e os curitibanos não conversam também, afinal de contas, eles são os europeus brasileiros, então eles tem que ser frios e distantes como os europeus, right? Metade dos curitibanos morre de vontade de morar em São Paulo, metade odeia São Paulo porque Curitiba é o paraíso, e isso influi diretamente na relação deles com qualquer paulista, como eu.

E essa é a cidade modelo que todos nós amamos, certo? NÃO. Claro, se você for um turista, você vai amar Curitiba, porque tem muita coisa de encher os olhos mesmo, e até eu como moradora confesso que tem umas partes da cidade que me agradam muito, mas não o suficiente pra eu ter quebrado esses conceitos (que agora não são mais pré), e agora eu vou voltar pra Santo André na casinha da mamãe, bem num estilo ‘e volta o cão arrependido…’. Claro que não é só por causa da cidade aqui, por que tem um pontos positivos, como os empregos que eu consegui que me pagam melhor do que o emprego antigo de Santo André (São Caetano, malz!) que eu eu estou aceitando de volta (Oi patrões!), mas enfim, não vamos estragar essa imagem de bitch que eu construi arduamente nesse post por uma de menina apaixonada certo? (Oi amor!).

obs: esse post não seria realizado sem o apoio desse maravilhoso artigo da desciclopédia, uma fonte de inspiração das boas.

Anúncios
Etiquetado

2 pensamentos sobre “Comprando gato por lebre

  1. Karol disse:

    Moro em Ctba desde q me conheço por gente, e apesar d concordar com algumas coisas q vc escreveu. ( algumas poucas), considero muita petulância quem acredita nessa propaganda barata q fazem da minha cidade, digo mais, soa a inocência acrescia de ignorância continuar nesse pensamento.

    Definitivamente vc não conheceu mtas pessoas aqui né? Ficou pensando única e exclusivamente em comprovar seus preconceitos.

    Devemos ser cínicos, estúpidos e anti-sociais mesmo.

  2. Alana disse:

    O exercício preferido dos paulista é falar mal de Curitiba, assim como eu, mas porque será que insistimos em continuar morando aqui?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: