Descartável

Lá no remoto natal de 2005, eu ganhei um iPod… Um branquinho, bonitinho. O som era ótimo, também, qualquer coisa seria, sendo que meu último tocador de música ambulante tinha sido aqueles radinhos da promoção do TicTac. Fuçando no orkut, descobri que muita, muita gente falava mal dos fones do iPod, que eles eram praticamente descartáveis… Eu lógico achava tudo lindo e maravilhoso e me sentia A globalizada com meus fones perfeitos.

Até que, após uns 8 meses de uso ele pifou uma orelha… Comprei um da Philips, que também não durou muito (percebe-se nesse ponto que o problema não era bem com os fones, mas sim com a dona do ouvido e dos fones).

Daí há uns 4 meses atrás (eu pulei uns 5 meses pulando de galho em galho, ops, de fone em fone) eu roubei o fone de um iPod do meu pai. E usei, claro que com o mesmo cuidado que usei os outros. Agora ele está lembrando sabe aqueles Walkmans que a gente tinha? Que as vezes ficava ruim a sintonia e você ficava rodando o fone pra melhorar? É então, tá mais ou menos assim…

Anúncios
Etiquetado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: