Agulinhas – O retorno

Fui fazer lá a tal acunpuntura.

Chegando lá, a mulher me avisa:

– Hoje eu só vou te equilibrar, te energizar, pra semana que vem a gente começar.

Ela pede pra eu tirar os brincos, e pergunta:

– Você prefere agulha ou semente?

 O que será que eu escolhi? A espertona aqui pensou “Ah, vou por semente, daí não dói”, pedi as sementes.

De repente, ela vem com um instrumento que parece uma caneta, mas com uma ponta de metal… E começa a fuçar na minha orelha.

– Ah, a sua orelha é de escama.

Hã?! Como assim ?? Não falei nada, em boca fechada não entra mosca.

Daí, ela acha um ponto, que dói.

– Olha esse ponto tá doendo?

Mas é lógico que vai doer, ela tá praticamente atravessando minha orelha com aquilo.

-Esse é o seu rim, toma bastante água, por isso que tá doendo, tem que tomar mais água.

Claro, e, da próxima vez que eu sentir uma dor na unha do dedinho direito, terei certeza que é sintoma de hérnia de disco! 

Anúncios
Etiquetado

2 pensamentos sobre “Agulinhas – O retorno

  1. danilo disse:

    sHAiusHAIsHAiushAISh

    Bem feito!!
    Eu sempre disse que os japoneses são criaturas estranhas!!

  2. fmatheus2003 disse:

    Japonices e mais japonices… da próxima vez, se ela te oferecer um tratamento à base de frutas, tenha o cuidado de ter certeza de que melancia e abacaxi não estão no cardápio… vai que o próximo alvo não é mais a orelha…hauhauhauahuahuahua

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: